Ligue-nos

(11) 4492-4975 | (11) 4807-2160

Horário de Funcionamento
08h30 às 17h00
Escreva-nos
comercial@campconsulting.com.br

Blog

Campconsulting > Créditos > Receita Federal mantém meta de encerrar 2016 com recuperação de crédito superior ao último ano
receita-federal-mantem-meta-de-encerrar-2016-com-recuperacao-de-credito-superior-ao-ultimo-anoreceita-federal-mantem-meta-de-encerrar-2016-com-recuperacao-de-credito-superior-ao-ultimo-ano

Receita Federal mantém meta de encerrar 2016 com recuperação de crédito superior ao último ano

A Receita Federal tem planos de tornar a fiscalização de recolhimentos de tributos ainda mais rigorosa junto às empresas. Um resultado prévio, divulgado pelo governo, mostrou que o valor acumulado arrecadado de pouco mais de R$ 73 bilhões (entre os meses de janeiro a agosto deste ano) traduz 14% de queda em relação ao mesmo período do ano anterior. Assim, ainda há muito a ser feito, se a pretensão da Receita é encerrar 2016 com a arrecadação de créditos tributários – impostos não pagos, multas e juros -, superior ao valor de R$ 125,6 bilhões do último ano.

Hoje, o governo vem trabalhando com outros órgãos em ações voltadas ao combate da corrupção, como nas operações Zelotes e Lava Jato. Mas já alertou que pretende ser mais rigoroso, redirecionando esse empenho para identificar práticas ilícitas de lavagem de dinheiro, interpostas pessoas, empresas de fachada, noteiras, fraudes, entre outras.

Esse “pente fino” deve ser aplicado pela Receita aos perfis de contribuintes com planejamento tributário vinculado à reorganização societária, evasão de indústrias específicas (cigarro, bebidas e combustíveis), bem como à sonegação isenta de lucros e o planejamento tributário com recursos de não residentes.

Também entram na lista contribuintes com propriedade de ativos no exterior, sem o repasse de informações ao fisco. Neste âmbito, a Receita deve firmar acordo com 103 países para a troca automática de dados, segundo Convenção Multilateral para Intercâmbio Internacional de Informações Tributárias. Este número deve subir para 150, nos próximos anos. Atualmente, o País possui acordo pleno de investigação com 34 localidades no mundo, incluindo os EUA. A Receita Federal já reuniu informações de instituições financeiras americanas referentes a mais de 25 mil brasileiros, beneficiados com rendimentos superior a US$ 1 Bi – de acordo com levantamento de setembro de 2015. Já no Panamá, foram registrados mais de 1,3 mil offshores de 400 brasileiros.

Portanto, cada vez mais, com a evolução da automação de processos aliada ao crescimento de acordos com instituições financeiras internacionais pela Receita Federal, os contribuintes devem estar atentos para manter seu histórico contábil em dia e organizado. Também é preciso certificar que todos os recolhimentos tenham sido feitos corretamente, conforme a legislação vigente.

A questão é que muitas empresas não possuem recurso, estrutura ou mesmo conhecimento para tantas tarefas. A complexidade de entendimento da legislação tributária, também torna-se mais um empecilho. E, nestes casos, é preciso recorrer a um especialista em tributação.

A Campconsulting é uma empresa 100% especializada nessa área, com uma década de experiência e prática no assunto. Seus profissionais reúnem grande capacitação em processos tributários para ajudar as empresas a lidar com os desafios do fisco, identificando e regularizando recolhimentos indevidos e agilizando processos. O atendimento é rápido, personalizado e os serviços são completos! Fale com nossos especialistas!

A Campconsulting ajuda a tornar mais simples e ágil o processo de restituição de impostos retidos, que é de direito da sua empresa! Fale conosco!

Solicite um contato com um de nossos especialistas

(imagem: divulgação)

Deixe um Comentário