Ligue-nos

(11) 4492-4975 | (11) 4807-2160

Horário de Funcionamento
08h30 às 17h00
Escreva-nos
comercial@campconsulting.com.br

Blog

Campconsulting > Créditos > Créditos tributários podem ser a saída para a crise
Creditos-tributarios-podem-ser-a-saida-para-a-criseCreditos-tributarios-podem-ser-a-saida-para-a-crise

Créditos tributários podem ser a saída para a crise

Nos primeiros quatro meses deste ano, mais de 38 mil empresas encerraram suas atividades em São Paulo, o Estado mais rico do país. O número é 50% maior do que o ano anterior. Belo Horizonte registrou o fechamento de 1,8 milhão de empresas em 2015, um resultado 300% acima do registrado no ano anterior.

Quando as contas da empresa não fecham mais, é comum reavaliar processos internos para identificar quais gastos podem ser reduzidos. A dica também é averiguar as escrituras fiscais, pois podem haver créditos acumulados de IPI, ICMS ou PIS e COFINS a receber.

O fato é que muitos administradores desconhecem esse direito de restituição de créditos de despesas e acabam deixando de aproveitá-los como um fôlego adicional às finanças. Além disso, a complexidade da legislação inibe a iniciativa dos gestores para dar entrada no processo de ressarcimento junto ao Governo.

A recuperação de créditos tributários pode ser a saída para as empresas, que estão em busca por novos recursos em meio à crise financeira. A seguir, conheça um pouco mais sobre os critérios definidos para cada tipo de restituição:

  • IPI – Apenas são elegíveis aos créditos fiscais os produtos comprados para revenda e os insumos agregados a eles quando da comercialização final. Tais insumos são caracterizados por matérias-primas, produtos intermediários e materiais de embalagens;
  • ICMS – Diferente do conceito de crédito físico aplicado para o IPI – que prevê apenas entradas da mesma mercadoria ou seus insumos para o creditamento -, o ICMS baseia-se no crédito financeiro de forma que todas as operações de entrada tributáveis geram créditos, considerando poucas limitações. Entram na legislação, os créditos provenientes da compra de bens destinados ao ativo fixo da empresa, energia elétrica voltada à produção e outros.
  • PIS e COFINS – Somente estão sujeitos a apuração destes tributos os contribuintes que optam pela sistemática do Lucro Real. São diversas as despesas que podem gerar créditos de PIS e COFINS, como bens de revenda, energia elétrica, aluguel e ativo imobilizado. Sua legislação também considera para o cálculo os insumos não apenas de matérias-primas, mas para produtos intermediários e materiais de embalagens – tudo o que seja prioritário para a prestação dos serviços da empresa. Vale lembrar que os créditos de PIS e COFINS são apurados a partir da aplicação da alíquota incidente sobre o valor das entradas, desde que tenham incidências ocorridas.

Seja na crise ou não, sempre é recomendado apurar se a sua empresa possui direito ao ressarcimento de créditos de um desses tributos. Qualquer restituição pode ajudar a dar novos rumos aos negócios, especialmente para aquelas que desejam retomar a estabilidade financeira.

A Campconsulting atua há mais de uma década nessa área, apoiando inúmeras empresas na recuperação de créditos tributários. A grande maioria de seus clientes (96%) apostaram na parceria e, em pouco tempo, foram ressarcidos.

A Campconsulting ajuda a tornar mais simples e ágil o processo de restituição de impostos retidos, que é de direito da sua empresa! Fale conosco!

Solicite um contato com um de nossos especialistas

(imagem: divulgação)

Deixe um Comentário